Center Pisos

Dicas

  1. dicasCuidado na escolha dos modelos pelo catálogo ou pelo site.  As cores e as texturas nem sempre aparecem iguais.
  2. Antes de definir no orçamento as peças escolhidas, verifique se a loja ou o fabricante tem a quantidade necessária para a metragem de sua obra.
  3. A quantidade de pisos e revestimentos deve ser calculada com reserva de 10% a 15% para o caso de perda por corte errado ou para futura manutenção.
  4. Encomende o material com antecedência e programe a entrega dos materiais de acordo com o cronograma da obra.
  5. Confira os produtos no ato da entrega para evitar peças defeituosas, quebradas ou de tom diferente.
  6. Para não ter surpresas desagradáveis, verifique se as caixas dos revestimentos têm número de lote igual.
  7. O consumidor tem até 90 dias para reclamar e pedir a troca de produtos danificados.
  8. Somente comece a obra quando o material básico estiver comprado, recebido e checado.
  9. A base na qual o revestimento será assentado deve obedecer aos padrões exigidos pelo fabricante das peças.
  10. LEIA AS INTRUÇÕES DA CAIXA DO PRODUTO

Como saber se meu piso é resistente a abrasão?

  1. Para saber se é resistente a abrasão, basta olhar na etiqueta a numeração do PEI; mas então, o que seria o PEI ?
  2. PEI é a abreviação da sigla (Porcelain Enamel Institute) que representa o nome do instituto que regulamenta as normas para a classificação da resistência ao atrito, ou seja, é um indicador de resistência do esmalte do piso à abrasão, uma classificação que indica ao consumidor a que área aquele determinado revestimento é indicado, levando em consideração o desgaste pela utilização do mesmo.
  3. PEI 1: Baixíssimo trafego. Produto recomendado para ambientes residenciais onde se caminha geralmente com chinelos ou pés descalços. Exemplo: banheiros e dormitórios residenciais sem portas para o exterior.
  4. PEI 2: Baixo trafego. Produto recomendado para ambientes residenciais onde se caminha geralmente com sapatos. Exemplo: todas as dependências residenciais, com exceção das cozinhas e entradas.
  5. PEI 3: Médio trafego. Produto recomendado para ambientes residenciais onde se caminha geralmente com alguma quantidade de sujeira abrasiva que não seja areia e outros materiais de dureza maior que areia (todas as dependências residenciais).
  6. PEI 4: Alto trafego. Produto recomendado para ambientes residenciais (todas as dependências) e comerciais com alto tráfego. Exemplo: restaurantes, churrascarias, lojas, bancos, entradas, caminhos preferenciais, vendas e exposições abertas ao público e outras dependências.
  7. PEI 5: Altíssimo trafego. Produto recomendado para ambientes residenciais e comerciais com tráfego muito elevado. Exemplo: restaurantes, churrascarias, lanchonetes, lojas, bancos, entradas, corredores, exposições abertas ao público, consultório, outras dependências.

O que é um revestimento retificado e bold?

Diz respeito a borda, a extremidade, classificaremos por retificados ou bold. Os revestimentos chamados bold são mais comuns e tem um preço mais econômico pois possuem um acabamento arredondado nas bordas, assim, sendo necessário que o espaçamento entre as pecas seja maior, a recomendação é de espaçamento mínimo de 4mm entre as peças. Os retificados possuem um acabamento da borda bem reto, lapidado, fruto de precisos cortes feitos por discos de diamante, por isso recomenda-se espaçamento mínimo de 1mm e consequentemente possuindo dimensões mais precisas e perfeitamente alinhadas quando assentados.